quinta-feira, junho 07, 2007

G8 Vs Activistas = Tudo na Mesma!

“Os líderes do G8, reunidos na Alemanha, chegaram a um acordo sobre o clima que reconhece a necessidade de reduzir substancialmente as emissões de gases com efeito de estufa e a urgência de uma acção concertada a nível internacional para combater as alterações climáticas.

«Tendo em conta os dados científicos expostos nos relatórios do grupo intergovernamental de peritos sobre a evolução do clima (GIEC), as emissões de gases com efeito de estufa devem parar de crescer e isso deve ser seguido de reduções substanciais de emissões a nível global», pode ler-se no comunicado final da reunião.

O acordo, todavia, não estabelece metas especificas para esta redução mas sim um principio não vinculativo, defendido pela União Europeia, Canadá e Japão, de que essa redução seja de 50 por cento até 2050.” – TSF Online 07/06/07



VS


“Um porta-voz do grupo ambientalista Greenpeace disse que até 11 botes infláveis tentaram entregar uma mensagem aos líderes do G8 pedindo-lhes que se comprometessem a diminuir substancialmente a emissão de gases do efeito estufa.
Quatro dos manifestantes acabaram caindo nas águas do Báltico depois que barcos de patrulha, trafegando em alta velocidade, terem os interceptado enquanto helicópteros das forças de segurança sobrevoavam a área.
Segundo Tobias Muenchmeyer, porta-voz do Greenpeace, vários ativistas haviam sido detidos e as embarcações deles, apreendidas. A polícia afirmou que três manifestantes e um policial ficaram feridos.
A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, criticou a ação do Greenpeace.
"Espero que eles não emitam gás carbônico demais com suas viagens de barco pelo mar Báltico," disse a dirigente a repórteres depois de os líderes do G8 terem concordado em realizar cortes "substanciais" nas emissões de gases do efeito estufa.
A entrada principal de Heiligendamm está bloqueada há mais de 24 horas. Cerca de 4.000 manifestantes, muitos dos quais passaram a noite dormindo na frente da cerca de segurança, ficaram sentados na apertada estrada de três vias, prometendo permanecer ali até o final da cúpula, na sexta-feira.”- In Reuters Brasil 07/06/07


Muito se tem falado a respeito das Cimeiras dos G8 e as subsequentes manifestações que acontecem sempre que estas acontecem.
Se por um lado os G8 a meu ver são uma prova de que o mundo vai mal, pois estes países decidem e espalham os seus tentáculos económicos um pouco por todo o mundo. Tendo como repercussões a criação de desigualdades entre vários países, e a crescente degradação ambiental com efeitos mais devastadores nos países pobres do que nos ricos!
Por outro certos grupos de activistas acreditam que a solução para os problemas do planeta se resolvem com violência e desacatos!
De um lado e do outro os G8 e os activistas expõem as suas razões, o que é um facto é que o planeta continua a sofrer e a desgastar – se diariamente, não se chegando a um consenso nem a um acordo viável e que seja posto em prática.
No entanto, é de referir que só o simples facto de as alterações climáticas terem sido tema de reflexão e de debate por parte dos G8, pode representar por um lado uma maior consciência para as temáticas industriais ao nível do impacto que estas representam no meio ambiente. Ou se debateu apenas as alterações climáticas pelo simples facto de ser uma forma de propaganda envolta de um grande cinismo por parte de quem participou!
O futuro o dirá!

3 comentários:

al cardoso disse...

E dificil chegar a consencos entre os G8, e ainda mais com os emergentes paises que se aproximam, pela simples razao que cada um so olha para o seu umbigo, e querem desenvolver-se sem perder, nao olhando muitas vezes para as licoes que o planeta Terra nos da.
Provavelmente so concordaram quando for tarde demais.
Quanto aos manifestantes, ja se sabe que nao e dessas forma que iram sensibilizar os decisores, mas paraece que e uma forma de ganhar a vida envolver-se em manifestacoes profissionais!

al cardoso disse...

Passe pelo "aquidalgodres" tem la uma referencia!

Um abraco f. algodrense.

Anónimo disse...

Boas tardes, o G8, apenas serve para todos os anos viverem das promessas feitas