domingo, setembro 30, 2007

O porquê de a Birmânia, não pertencer ao Eixo do Mal!


"A violenta repressão aos protestos contrários à junta militar que governa Mianmar pode ter causado um número de mortes maior do que o que vem sendo relatado, afirmou o premiê britânico, Gordon Brown, nesta sexta-feira. Dez mortes já foram confirmadas.
Entre as vítimas está o repórter japonês Kenji Nagai, 50, que morreu ontem durante um protesto em Yangun. Acostumado a cobrir conflitos, tendo trabalhado nas guerras do Iraque e Afeganistão, ele prestava serviços para uma agência de notícias japonesa e, com uma pequena câmera, gravava imagens dos protestos.
"Temo que a perda de vidas seja bem maior do que o que vem sendo informado", disse ele, após conversar por telefone com o presidente americano, George W. Bush, e com o premiê chinês, Wen Jiabao.
Brown pediu mais sanções da ONU (Organização das Nações Unidas) e da União Européia (UE) contra o governo de Mianmar, dizendo que é preciso pressão internacional para que a "voz do povo seja ouvida" no país asiático.
AFP
Monges tailandeses demonstram apoio a protestos em frente à Embaixada de Mianmar
"Agora vemos imagens de Mianmar, e ouvidos as vozes das pessoas, não há censura nem violência que possa silenciar os mianmarenses. É por isso que a UE agora deve intensificar as sanções, o Conselho de Segurança (CS) deve agir, e a ONU deve se certificar de que o regime [de Mianmar] seja visitado [por um representante da entidade]", afirmou Brown.
Hoje, força de segurança intensificaram a repressão às manifestações, invadindo monastérios budistas e cortando o acesso à internet.
As medidas aumentaram a preocupação com a violência contra civis no país asiático.
Ao menos dez pessoas morreram na repressão aos protestos, que ocorrem desde agosto e se iniciaram devido a um aumento de combustíveis, mas acabaram por tomar um tom político e envolver os monges budistas, um grupo especialmente influente no país.
Mianmar é um país da Ásia meridional governado por uma junta militar desde 1988 que reprime com força manifestações a favor da democracia. Em setembro, monges budistas aderiram aos protestos -- os maiores em 20 anos.
Ao fechar os monges em monastérios, o governo pretende retirar as multidões das ruas.
Multidão
Manifestações diárias vêm reunindo centenas de milhares de pessoas que exigem o fim dos 45 anos de ditadura militar. O dia mais violento dos protestos ocorreu nesta quinta-feira, quando sandálias ensangüentadas ficaram espalhadas pelas ruas.
Durante os protestos, a multidão gritava: 'Queremos liberdade, queremos liberdade!'.
Nesta sexta-feira, devido à intensa repressão, poucos manifestantes foram às ruas. O maior número foi estimado no pagode [santuário oriental de vários andares em forma de pirâmide] Sule, onde cerca de 2.000 pessoas se reuniram.
Em outras áreas, forças de segurança dispersaram grupos de 200 a 300 pessoas que pretendiam marchar pelas ruas de Yangun, a maior cidade de Mianmar.
Centenas de pessoas foram detidas, levadas dos locais de manifestações em caminhões.
Caminhões levando tropas também invadiram monastérios budistas na região de Yangun, agredindo e detendo dezenas de monges, de acordo com testemunhas e diplomatas.
ONU
O Conselho de Direitos Humanos da ONU convocará uma sessão de urgência na próxima semana para discutir os protestos que estão ocorrendo em Mianmar e a repressão do regime militar, informaram nesta sexta-feira fontes diplomáticas européias.
Arte/ Folha Online
A realização de uma sessão especial é uma iniciativa do grupo de países ocidentais e, para ser aprovada, precisa do apoio de 16 dos 47 membros do Conselho de Direitos Humanos.
Segundo o procedimento previsto, após ter obtido o apoio mínimo necessário para a convocação, o presidente do CDH deverá fazer o anúncio, provavelmente na segunda-feira.
O Conselho, reunido em sua sexta sessão há três semanas, já debateu na quarta-feira os eventos em Mianmar, e várias delegações --especialmente as européias-- expressaram sua grave preocupação com a repressão das manifestações pacíficas e a violência usada contra monges e civis. Além das dez mortes, cerca de mil pessoas já foram detidas. "- Folha de São Paulo Online dia 30 de Setembro de 2007.


O que se está a passar na Birmânia é uma verdadeira catástrofe aos direitos humanos, no entanto a apregoada comunidade internacional não faz nada a não ser aplicar sanções económicas!

Mas já agora alguém sabe onde é a Birmânia? Parece que ao longo dos anos fomos esquecendo que este país situado ao sul da China, vive numa ditadura militar, igual ao Paquistão, (aliado dos defensores da democracia EUA, na luta contra o terrorismo), Coreia do Norte, ou Cuba.

O problema deste país reside em dois factores, para os EUA, o facto de não possuir recursos energéticos e ser do ponto de vista geopilitico, insignificante nas pretensões dos EUA na região, devido ao grande dragão Chinês, que faz parte do concelho de segurança da ONU.

Mais uma vez se prova que a ONU, fecha os olhos a muito dos males que se passam no mundo, o facto de um povo querer ser livre, deve ser um direito fundamental, não uma imposição!

Com o fim da guerra fria, em 1989 as ideologias que outrora serviam os países de mudarem o rumo do seu sistema politico, terminou com a vitória do interesse económico, em relação ao comunismo.

Apesar de a o sistema politico chinês ser comunista, a economia deste país têm crescido de forma assustadora.

Naturalmente este crescimento, tem exercido uma maior influência em termos sócio - económicos um pouco por toda a região, sustentando os regimes de conveniência em volta, como é o caso da Coreia do Norte!

Sendo assim, o povo da Birmânia, têm de sustentar uma verdadeira luta a favor da sua autodeterminação, da mesma forma que os timorenses lutaram contra o silêncio politico dos EUA, em relação à Indonésia no passado.

No entanto, falar é fácil por as acções em prática é um passo que pode levar a fazer novos mártires, no entanto é possível em nome da vontade de um povo em relação a um regime opressivo!

4 comentários:

al cardoso disse...

De facto a falta de interesse economico e geo-estrategico, tem muito que ver com a defesa ou nao dos povos que habitam paises como a Birmania, por parte das grandes potencias. Nao esquecer que sendo um pais debaixo da influencia da China tambem se torna um tabu, porque o mercado chines e imenso.
E a hipocrisia dos chamados paises democraticos no seu melhor!

Um abraco amigo.
Ca fico a espera de novidades!

RAMIRO LOPES ANDRADE disse...

DIVIDA EXTERNA DE PORTUGAL 29/09/2007

$ 272.200.000.000
DUZENTOS E SETENTA DOIS MIL MILHÕES DE DOLARES
DUZENTOS E SETENTA DOIS BILIÕES DE DOLARES

É verdade !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Qual deficit nas contas públicas de 3 % , qual que, isto não é nada !!!!!!!!!!!!!!!!!
Nossos políticos, com a cumplicidade de toda a imprensa portuguesa, enterraram nosso país de vez.
Porque a imprensa económica não divulga a realidade de nosso país ?
Porque pertencem a mesma MÁFIA que governa nossas vidas !!!!!!!
No ano de 2003, nossa divida externa era de 13,1 mil milhões de dólares. Hoje, no ano de 2007, nossa divida externa é de 272 mil milhões de dólares.

Dívida externa: $ 272,2 bilhões de dólares (30 September 2006 est.)

Ano Dívida externa Posição Mudança Percentual
2003 $ 13.100.000.000 51
2004 $ 250.000.000.000 4 1.813,74 %
2005 $ 274.000.000.000 7 9,57 %
2006 $ 287.000.000.000 17 4,77 %
2007 $ 272.000.000.000 22 - 5,42 %

GOSTARIA DE SABER ONDE FORAM GASTOS 237 MIL MILHÕES DE DOLARES EM UM ANO ( DE 2003 A 2004 ) !!!
Em um ano ( 2004 ) passamos de 13 para 250 mil milhões de dólares !
Em 2007 nossa dívida externa é de 272 mil milhões de dólares.
POR FAVOR, ME ESCLAREÇAM …………….
Gostaria de ser esclarecido pelo poder político, como Portugal irá saldar esta dívida?
Vão aumentar ainda mais os impostos que já pagamos?
Vão contrair outros empréstimos para saldar os actuais?
Quem foi o responsável por este descalabro?
Onde estava a fiscalização da Assembleia da Republica?
Onde estava a fiscalização do Tribunal de Contas?
EM QUE FORAM GASTOS 272 BILIÕES DE DOLARES EM 4 ANOS ?
NOS ESTADIOS DE FUTEBOL?
NOS DOIS SUBMARINOS DE 900 MILHÕES DE EUROS ?
NOS 500 MILHÕES DE EUROS GASTOS NOS 40 AVIÕES F-16 DA FORÇA AÉREA ?
NO PERDÃO DA DÍVIDA AOS PAÍSES CORRUPTOS AFRICANOS?
NA GENEROSA E DESINTERESSADA AJUDA Á TIMOR ? AJUDA QUE É GERIDA PELO “ PADRE VITOR MELÍCIAS “. DÁ VONTADE DE RIR …….....
NA BARRAGEM CAHORRA BASSA ? EM QUE PORTUGAL PERDOOU 1,5 MIL MILHÕES DE EUROS Á MOÇAMBIQUE !!!!!!!!!

Porque a imprensa económica nunca faz referência a divida externa de Portugal ?

Cumplicidade é a resposta !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Cumplicidade de todos ( políticos / imprensa / empresários / governo / bancos ). Silêncio ……………………………….
Nós contribuintes portugueses estamos cá para pagar, e bem pago, para sermos escravos de uma classe politica portuguesa corrupta e ineficaz.
As autarquias durante anos se endividaram nos bancos, sem terem condições para o fazer. Foram praças publicas construídas / destruídas / e outra vez reconstruídas. Dinheiro jogado ao lixo, nosso dinheiro !!!!!
Foi o Governo Central, dando subsídios para as Regiões Autónomas, e sendo avalista de empréstimos sem retorno económico possível ( Torrar Dinheiro ).
Foi a criação de Fundações Públicas que escapam ao controlo do Tribunal de Contas. Sendo estas Fundações um cabide de empregos para: filhos de deputados e presidentes de câmaras, amigos e cúmplices.

NÃO SE ENGANEM, TODOS NÓS CONTRIBUINTES PORTUGUESES VAMOS PAGAR MUITO CARO !!!!!!!!!!!!!!!

Cada português ( homem, mulher e criança ) deste país, deve $ 27.200 dólares em dívida externa aos bancos internacionais.
27.200 dólares correspondem a 19.428 euros ao câmbio de hoje.
Salve-se quem puder …………………………………
Por mim, digo-lhes que vou pagar impostos em Espanha, e que se foda o estado português, mais o Zezinho Sócrates !!!!!!!!!!!!!
TCHAU, AMANHEM-SE PORTUGUESES …………………...
PORTUGAL ?? SÓ PARA PASSAR FÉRIAS …………………

RAMIRO LOPES ANDRADE
ENGENHEIRO CIVIL
CONTRIBUINTE PORTUGUES


OBS: CASO TENHAM DÚVIDAS LEGITIMAS SOBRE ESTES DADOS, SUGIRO QUE VÃO AO SITE ( http://www.indexmundi.com/ ) OU AINDA AO SITE DA CIA - CENTRAL DE ESPIONAGEM AMERICANA,
https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/po.html

Portugal Dívida externa
http://www.indexmundi.com/pt/portugal/index.html/#economia

DIVIDA EXTERNA EM BILIÕES DE DOLARES NO ANO 2007

Rank Country Dívida externa
1 Estados Unidos
10.040

2 Reino Unido
8.280

3 Alemanha
3.904

4 França
3.461

5 Itália
1.957

6 Países Baixos
1.899

7 Espanha
1.591

8 Japão
1.547

9 Irlanda
1.392

10 Suíça
1.077

11 Bélgica
1.053

12 Canadá
684,7

13 Suécia
598,2

14 Áustria
594,3

15 Austrália
585,1

16 Hong Kong
472,9

17 Dinamarca
405

18 China
305,6

19 Grécia
301,9

20 Rússia
287,4

21 Portugal
272,2

22 Finlândia
251,9

23 Coreia do Sul
249,4

24 Turquia
193,6

25 México
178,3

26 Brasil
176,5

27 Polónia
147,3


NOSSA DIVIDA EXTERNA É MAIOR QUE A DO BRASIL ( 177 MIL MILHÕES ), E É UM PAÍS COM IMENSAS RIQUEZAS NATURAIS.
PORTUGAL NUNCA TERÁ RECURSOS PARA PAGAR 272 MIL MILHÕES DE DOLARES DE SUA DIVIDA INTERNACIONAL.
OS POLITICOS PORTUGUESES ( DA ESQUERDA A DIREITA ) SÃO TODOS UNS PORCOS CORRUPTOS. O SILÊNCIO DELES NESTA MATÉRIA DIZ TUDO. ENTERRARAM PORTUGAL DE VEZ ………………………………….

RAMIRO LOPES ANDRADE disse...

QUERO CONVIDA-LOS A IREM AO MEU BLOGUE:


ramirolopesandrade.blogspot.com

CUMPRIMENTOS

RAMIRO LOPES ANDRADE

Anónimo disse...

VISITEM O NOVÍSSIMO BLOOGE DO PRIMEIRO MINISTRO JOSE SOCRATES , ESTÁ O MÁXIMO


JoseSocrates-paneleiro.blogspot.com


rsrsrrsrsrsrsrs

7:47 PM